por | em Invista em Qualidade | Sem comentários

No ano de 1995 fiz uma entrevista na Empresa Alimentícia Nestlé e não obtive êxito por não possuir inglês fluente. Na área de engenharia de alimentos, atualmente todas as empresas quer nacionais ou multinacionais, exigem dos profissionais o domínio de um segundo idioma, principalmente inglês.
Objetivando o meu aperfeiçoamento profissional necessitei estudar o idioma inglês. Em relação ao idioma inglês cursei a Cultura Inglesa (Marilia), PBF (Jales) atualmente Speed Up e América (São José do Rio Preto).
Das referidas escolas posso afirmar que na Speed Up Idiomas continuei aprimorando o idioma, inclusive preparei para ingressar no curso de mestrado em Engenharia de Alimentos na UNESP de São José do Rio Preto onde conclui minha graduação e pós-graduação Stricto Sensu.
Estudando outro idioma, tive mais facilidade para pesquisar e adquirir conhecimentos técnicos através de livros e artigos editados em inglês.
Conhecendo a necessidade que o mercado profissional exige hoje incentivo o meu filho Guilherme a também aprender outro idioma, e para tanto há anos ele está matriculado na Speed Up Idiomas.
Com os conhecimentos que ele adquiriu e irá adquirir nesta escola de idiomas, que reputo ser de excelente qualidade, uma vez que os professores, a metodologia e o material didático proporcionam um aprendizado adequado a idade dele, tenho certeza que ele poderá ingressar futuramente no mercado de trabalho em melhores condições.

por | em Invista em Qualidade | Sem comentários

no images were found

 A equipe da Speed Up Idiomas esteve reunida para um workshop nos dias 25 e 26/07/2013. E nos dias 01 e 02/08/2013, Célia e Andréia, diretora e coordenadora da Speed Up Idiomas, estiveram em São Paulo para o 1º Fórum de Idéias, promovido pela Cambridge University Press.

João Madureira, presidente da Cambridge no Brasil, e toda sua equipe de consultores, representantes e departamento de marketing apresentaram para as escolas com selo “Cambridge Educational Partner”, como a Speed Up Idiomas, já há seis anos com essa parceria, as novas diretrizes reguladoras:

  • um departamento direcionado com um canal de comunicação entre as escolas com parceria educacional;
  • uma plataforma de cursos exclusivos para os professores das escolas com selo de parceria certificado pela  Universidade de Cambridge;
  • apoio pedagógico para que as escolas credenciadas sejam centros preparatórios dos exames internacionais de língua inglesa (KET, PET, FCE, CAE, CPE, IELTS)  da Universidade de Cambridge.

Nossa parceria educacional torna-se ainda mais fortalecida com todos os benefícios de estar aliada a mais prestigiada e importante universidade do mundo, fundada no ano de 1209 e em plena atividade desde então. São 804 anos de experiência e com editora própria.

Os benefícios desta parceria podem ser usufruídos pelos alunos que estudam nas escolas com selo “Cambridge Educational Partner”, como a Speed Up Idiomas, que tem imenso orgulho de fazer parte deste seleto grupo.

           Um excelente retorno as aulas, esperamos por você.

             The only way is up!

Célia Regina Tomazeli Mathiel

(Letras – Inglês, Português e Literaturas; Pós – graduação: Metodologia de Ensino da Língua Inglesa. Técnico em Gerenciamento e Liderança.)

WorkShop

jun
2013
10

por | em Invista em Qualidade | Sem comentários

por | em Invista em Qualidade | Sem comentários

Baseada nas recentes pesquisas e estudos, a Speed Up idiomas vem se desenvolvendo cada vez mais no ensino para crianças, objetivando uma melhor aprendizagem da língua inglesa. As aulas são dinâmicas com material pedagógico apropriado a faixa etária, como por exemplo, estórias (stories), jogos ( games), imagens ( pictures ) e músicas ( songs ). Tudo ajuda no aprendizado do idioma de forma lúdica e divertida. Com uma equipe de profissionais qualificados, comprometidos e motivados a trazer um novo universo linguístico e cultural aos nossos pequenos estudantes, em um ambiente tranquilo que promove também o desenvolvimento das relações sociais, as quais são fator essencial do processo de ensino/aprendizagem. Estudar um novo idioma ainda criança, desde
que seja agradável, sem pressão, e acima de tudo respeitando-se os limites de aprendizado da criança sem sobrecarregá-la, só traz benefícios em todos os aspectos do desenvolvimento infantil.

The only way is Up!

Milene Falcão, professora certificada pela Cambridge ESOL (FCE, TKT).
Camila Laguna, professora graduada em Letras e
pós – graduada em Psicopedagogia.

por | em Invista em Qualidade | Sem comentários

CÉLIA
Quando meu primeiro filho foi para a escola de inglês, ainda pequeno, não gostou e não quis ficar. Até que chegou certo momento que resolvemos que ele não tinha mais escolha – o tempo escolar avançava e cada vez mais o inglês passou a fazer falta. Decidimos que ele iria sim, iniciar o curso.
Felizmente ele foi para a escola PBF, hoje Speed Up, e teve como primeiro professor o Alex, que o deixou encantado com o inglês e despertou nele a vontade de aprender a língua. Hoje ele se dedica ao estudo do inglês com seriedade e gosto, não dando para acreditar que um dia ele o rejeitou.
Assim vieram os outros filhos para a escola e muitos anos de idas e vindas, levando-os e buscando-os, afinal são quatro filhos e horários diferentes. Mas valeu e continua valendo muito estar nesta escola, vendo o crescimento deles.
Este ano eu me perguntei por que também não aprender inglês? E de mãe que levava, e ainda leva filhos, eu passei a ser também aluna da Speed Up. Só posso dizer o quanto estou feliz e satisfeita com a escola que já admirava antes e que agora faço parte.
Passado o primeiro momento, de adaptação a um espaço tão diferente e cercada por tantas pessoas jovens, passei a me sentir fazendo parte da turma sem nenhum constrangimento. Fui muito bem recebida pela direção da escola, pelas secretárias, pelos professores e alunos, que sempre me deixaram à vontade. Tem sido uma experiência enriquecedora, de crescimento pessoal, aprendendo a língua mais popular do planeta. Por tudo isso e muito mais eu recomendo a Speed Up.

PEDRO:
Para mim, estudar inglês na Speed Up – e também na antiga Pink And Blue – mais do que gratificante, foi prazeroso. A dinâmica do material e, principalmente, dos professores, dá a oportunidade de conhecê-los de tal maneira que ali, mais do que profissionais e colegas, tenho hoje verdadeiros amigos de jornada.

ANA MARIA
Estudei o inglês quando a escola ainda era Pink and Blue Freedom. Sempre gostei de aprender e, principalmente, falar o inglês. Participar de todas as aulas com prazer e dedicação foi essencial para que eu não pusesse em segundo plano a idéia de aprender outra língua. Isso colaborou bastante para minha primeira viagem internacional.
Fui para o Canadá e me senti segura, pois além de ter feito algumas aulas preparatórias sobre palavras chave para não me perder, estava preparada para que meu inglês me ajudasse por lá. E foi o que aconteceu. Além de todos canadenses que conheci afirmarem que minha pronúncia era boa, eu me sentia em casa falando inglês. Me orgulho e sinto muita saudade dos tempos de conversas, trocas de idéias e aprendizado com os melhores professores de inglês que já tive. Eles são, para mim, padrão de didática da língua estrangeira. Levo comigo grande amizade e consideração por toda equipe da escola Speed Up.

GABRIEL
Com certeza o curso de inglês completo contribuiu, e muito, para meu sucesso educacional, e hoje posso dizer que se não fosse o inglês eu não estaria numa faculdade pública de prestígio fazendo o que gosto. Lá dentro já me deixaram claro que o inglês é indispensável, para aqueles que pretendem alçar vôos mais altos na carreira profissional.
Por isso sou eternamente grato e tenho tremenda satisfação em poder ter feito parte do time da Speed Up por tanto tempo, antes mesmo do grupo ter este nome. Guardo os meus anos de inglês no coração, pois não conheci apenas uma nova língua, mas verdadeiros amigos e pude contar com um time de professores e funcionários sem iguais, comprometidos não apenas em cumprir aulas ou horários e, sim, em fazer com que cresçamos. tanto cultural quanto socialmente. Levo onde eu for um imenso carinho dos que fizeram parte daqueles que, com certeza, foram os melhores anos da minha vida.

ANDRÉ
Para mim, estudar inglês está sendo muito útil. Nunca tive o interesse de fazer inglês, mas no primeiro semestre minha mãe resolveu me matricular na Speed Up, então resolvi encarar o inglês para poder aprender, aprimorar e, futuramente, fazer uma viagem ao exterior. Logo percebi como isto esta sendo e será importante para mim.
Estou gostando muito, já fiz novas amizades e me dou bem com os professores. Já tirava boas notas de inglês na escola, mas depois que comecei o curso melhorei ainda mais. Sempre busco convencer meus amigos a fazerem o curso de inglês, pois tenho certeza que será muito útil para eles no futuro. Espero terminar todo o curso e continuar com as amizades que fiz na Speed Up.

MARCO
Eu (ainda) não estudo no Speed Up, mas pude ver o progresso dos meus filhos e da minha esposa. O melhor de tudo é que, além do aprendizado, eles adoram o curso e a escola, o que faz com que sempre tenham ânimo e disposição para as aulas e as tarefas de casa.
Parabéns à direção e aos professores por essa escola tão original e dinâmica.

por | em Invista em Qualidade | Sem comentários

Julia Alonso, aluna Speed Up Idiomas desde seus oito anos, viajou para a Alemanha no último dia 20/01/2012 e mandou o seguinte e-mail para “tia Célia”:

”Oi tia Celinha, tudo jóia?
Aqui está tudo bem! Por enquanto não consigo falar mais que algumas frases em alemão, então estou conversando basicamente em inglês. E é por isso que estou te mandando esse e-mail. Várias pessoas aqui disseram que eu falo inglês muito bem e perguntaram onde eu aprendi. E é claro que eu lembrei de vocês da Speed Up! Não foram algumas pessoas e sim várias! Inclusive um amigo que morou nos EUA 5 anos disse que meu inglês é muito bom! Também disseram que nunca tinham conhecido alguém da América do Sul que fala tão bem inglês quanto eu… fiquei muito feliz! Estou me comunicando muito bem. Quase todos aqui falam inglês muito bem, mas às vezes eu os ajudo com palavras que eles não sabem. Outro dia até sonhei em inglês! Muito obrigada por tudo, tia. Pela amizade, pela qualidade da Speed Up e tudo mais. Mande um abraço a todos ai! Estou com saudade!
Espero que logo eu comece a sonhar em alemão…
Beijoss…

por | em Invista em Qualidade | Sem comentários

A aquisição de um novo idioma exige uma série de elementos capazes de propiciar a motivação daquele que se propõe a encarar este desafio. Existe um em especial que vai muito além dos conteúdos metodológicos, da formatação do material didático, ou mesmo do ambiente físico. Estamos falando de algo que é desencadeado pelo próprio aluno a partir do momento em que ele sente-se a vontade no ambiente que freqüenta: interação. Podemos afirmar, com segurança, que não há aprendizagem satisfatória onde não exista interação entre alunos. Difícil seria imaginar o sucesso, em termos de aquisição linguística, de um grupo de alunos onde poucos se sentem a vontade para falar de suas dificuldades, seus sonhos e dúvidas, já que em cursos de idiomas objetiva-se a comunicação.
É justamente esta interação que vivenciamos, a cada dia, nos corredores e nas salas de aula da Speed Up Idiomas, literalmente. Poderíamos dizer que os alunos falam, e bem, a mesma língua! Não seria possível enumerar a quantidade de vezes que notei estar diante de situações onde a conversação foi além do esperado, havendo sinais de maior confiança linguística adquirida principalmente pela harmonia existente entre os grupos. É justamente neste momento que acreditamos estar fazendo uso da expressão mais apropriada possível quando, afirmamos aos nossos alunos “We’re family.” A sensação é justamente esta, de estarmos trocando experiências em família onde o idioma estrangeiro atua como meio e objetivo de estudos. O que nos chama atenção é que muitos destes alunos tornaram-se amigos através do curso de idiomas, e hoje compartilham experiências inclusive fora da escola. Mas como é possível alcançarmos este grau de interação? Quem já estudou ou ainda estuda na Speed Up Idiomas com certeza sabe a resposta. Venha você também participar desse processo onde estudar é um prazer.

Edilson Borghi.
Gestor público formado pelo Instituto Federal de Santa Catarina, Graduando em Espanhol pela UFSM e professor de língua inglesa na Speed Up Idiomas de Jales e CEIA de Palmeira D´Oeste.

por | em Invista em Qualidade | Sem comentários

Nos 17 anos que antecedem esta data, muito trabalho e dedicação foram necessários para nos tornarmos a Speed Up Idiomas. Em 1994, o sonho de ter uma escola reconhecidamente de primeira linha começou a tomar forma. Foram anos de construção e aprimoramento. Durante este tempo passamos de franquia a escola independente. A primeira experiência foi importante para adquirirmos muito do knowhow necessário para darmos o passo decisivo. A mudança tão desejada aconteceu no dia 4 de julho de 2007. Coincidentemente é nesta data que se comemora o dia da independência nos Estados Unidos da América. Antes da mudança para Speed Up Idiomas foram necessárias muitas articulações internas e externas para a realização do sonho de transformar a escola que tínhamos, a qual já se despontava como referência no ensino de idiomas, em uma que se firmaria ainda mais neste universo. Foram dias e mais dias de treinamentos, reuniões, pequenas e grandes mudanças, na verdade foram anos. Escolha de materiais em concordância com as propostas educacionais internacionais, tecnologia de última geração para ser usada com os recursos oferecidos pelos materiais e uma parceria educacional sólida com uma instituição de renome internacional (Cambridge University Press) foram alguns dos pontos importantes neste processo. Mesmo as escolhas sendo as mais apropriadas, sabíamos que nada seria possível sem o elemento chave do nosso sucesso: PESSOAS. Sem estas, não teríamos concretizado nosso sonho. Nesta jornada de 17 anos, dos quais 4 são como Speed Up Idiomas, muitas foram as
pessoas que contribuíram para o sucesso de nossa escola. Algumas se foram, outras permanecem e com certeza ficarão. Orgulhamo-nos de todos, alunos, pais, responsáveis e equipe, que se articulam e se envolvem com o mesmo desejo, fazer parte de uma escola de idiomas que oferece qualidade e comprometimento com o sucesso. Agradecemos à equipe que temos, pois livros e tecnologia não interagem sozinhos e nem realizam o desejo de nossos alunos e de seus responsáveis. É o fator humano que articula todos os outros componentes e, apenas assim, o sucesso se faz presente. Nesta data de merecidas comemorações, queremos compartilhar com todas as pessoas que fizeram, fazem e farão parte de nosso sonho realizado e de todos os outros sonhos que estamos construindo e que se tornarão
realidade. Parabéns aos alunos, pais e responsáveis, estas PESSOAS que fazem o nosso sucesso. Parabéns, também, a todas as PESSOAS que se comprometem todos os dias a contribuir para com a realização de sonhos…Alex, Andréia, Camila, Edilson, Dani, Denise, Gil, João, Josi, Ju, Lúcia, Ludi, Milene e Vivian. PESSOAS cuidando de PESSOAS.

Invista em você!

mar
2012
30

por | em Invista em Qualidade | Comentários desativados em Invista em você!

Aprender outra língua lhe trará oportunidades e perspectivas que você dificilmente encontraria de outra forma. Vantagens pessoais, profissionais, sociais e econômicas são conquistas possíveis quando se aprende línguas estrangeiras. Sabe-se que o estudo de um idioma contribui, também, para o desenvolvimento de melhores habilidades de comunicação e pensamento. O contrário poderá limitar seu desenvolvimento educacional.
Considerando estas vantagens, preparamos você para fazer parte de um mundo em constante transformação que precisa de pessoas cada vez mais preparadas para enfrentar os desafios. Desejamos que você possa se desenvolver da melhor forma possível.
Sempre focados na qualidade de ensino e dos serviços prestados, temos na Speed Up Idiomas um conjunto de fatores que provam ser uma fórmula de sucesso: corpo docente qualificado, material didático importado, consultoria e parceria educacional Cambridge University Press, tecnologia de ponta com laboratório de áudio digital e quadro eletrônico interativo, atendimento eficaz, aulas estruturadas dentro dos princípios da Abordagem Comunicativa, dentre outros fatores de destaque no mundo do ensino de idiomas.
Todo o nosso sucesso é fruto de muito trabalho e constante aprimoramento de nossos serviços e dos profissionais que buscam atender as necessidades de nossos alunos e seus responsáveis.
Os resultados apontam para o sucesso. Nossos alunos se destacam em diversos segmentos e atestam a qualidade de nossos serviços.
Em 2011, queremos que você faça parte desta trajetória. Junte-se a nós e venha compartilhar deste sucesso. The only way is UP!

Célia R. Tomazeli Mathiel – Diretora

por | em Invista em Qualidade | Comentários desativados em Reportagem Mary Yamada

No começo era uma tortura!!! Eu queria muito aprende a falar inglês porque sabia que um dia talvez quem sabe ia servir para alguma coisa, mas entre saber que é importante e realmente querer aprender inglês havia uma granndeee diferença.
Fui então à pbf hoje SPEED UP IDIOMAS e me matriculei.
Eu era a piorzinha da sala, meu inglês era umaaa… bom digamos muito ruim. E como se não bastasse isso, eu peguei o Alex para ser meu professor. Um tormento!! Achava que estava pagando meus pecados e que nunca iria aprender inglês.
Quatro anos depois eu era fluente e estava indo para o Canadá passar um mês, totalmente sozinha.
Como eu era menor tive que ser acompanhada durante toda a viagem, desde o aeroporto de São Paulo até Vancouver, no caminho encontro mais duas brasileiras, patys. Não sei se foram minhas roupas (camiseta e jeans, como o Alex dizia me vestia que nem menininho) ou se foi minha cara de pivete, mas de começo elas não foram muito com a minha cara não. E elas iriam continuar a me tratar mal durante toda a viagem se não fosse um pequeno incidente, já em território estrangeiro, que quase impediu uma menina de entrar no Canadá.
Se me lembro bem ela não possuía uma carta da escola, onde ela iria estudar, comprovando que não estava indo para lá com segundas intenções. E como os caras da alfândega são suupeeeer gente fina com os estrangeiros, a coitada não estava entendendo bulufas. Como estava por perto resolvi ajudar, conversei com o cara expliquei o que ele queria para menina e no fim deu tudo certo.
Curso de inglês: R$ ……..(coloca o valor pq eu não lembro qto eu gastei)
Viagem para fora do país: Uns 10 mil?? Sei lá não fui eu que paguei
Dar um show em umas patizinhas no exterior: não tem preço!!!
Depois disso a viagem ficou mais sossegada, até virei professora temporária! Eu vivia cercada de japoneses, coreanos e chineses que queriam aprender a pronunciar corretamente a Língua Inglesa.
Hoje eu não tenho o inglês como profissão, mas continuo estudando, cada vez mais aprofundado simplesmente por prazer, porque me faz bem. De obrigação chata e irritante o inglês passou a ser uma das coisas mais prazerosas da minha vida.

Mariana Yamada